Blog,  Gravidez,  Mães e Bebés

Registo dos Movimentos Fetais

Cada bebé tem um padrão de movimentos, e como é sabido, não se deve comparar nem bebés, nem gravidezes!

Os movimentos fetais activos, são os movimentos do bebé que a grávida sente na sua barriga. A sensibilidade varia muito de mulher para mulher, e de gravidez para gravidez. Por norma os movimentos são perceptíveis pela grávida entre as 16 e as 22 semanas de gravidez. Sendo mais comum, as grávidas de primeira viagem sentirem os movimentos mais tarde e a mães repetentes, mais cedo!

Os movimentos do bebé (os famosos socos e pontapés) são sinais de boa vitalidade, para o final da gravidez o número de movimentos pode diminuir, mas a intensidade, nas maioria das vezes aumenta provocando nalguns casos desconforto.

Se a sua gravidez é de baixo risco a contagem dos movimentos fetais deve iniciar-se a partir das 35 semanas de gravidez, numa gravidez de alto risco a recomendação é a partir das 28 semanas. A contagem dos movimentos fetais é fundamental para vigiar o bem-estar do bebé. Há um espaço reservado para este efeito no Boletim de Saúde da Grávida.

Como deve fazer a contagem dos movimentos?

Comece a contar os movimentos do bebé desde que acorda (no livro da grávida o gráfico começa nas 9 horas, mas se acorda mais cedo comece mais cedo, se acorda mais tarde, não há necessidade de colocar o despertador para começar a contar os movimentos) Quando tiver contado as 10 vezes, anote com um “x”, no quadrado da hora correspondente:

Se até às 12 horas após ter iniciado a contagem dos movimentos, o bebé não tiver atingido os 10 movimentos, assinale abaixo da linha vermelha com um x, o nº de vezes que contou;

De seguida coma qualquer coisa doce (habitualmente os bebés ficam mais agitados quando as mães comem um alimento doce, se já percebeu que isso acontece com o seu bebé, então não hesite em fazê-lo) A seguir coloque-se numa posição confortável e fique mais atenta aos movimentos. Mexer na barriga e falar com o bebé, também pode ajudar a espevitá-lo! Estes procedimentos resultam, na maioria das vezes e em menos de nada, o bebé mexe as 10 vezes!

Por vezes a grávida não sente o bebé mexer, ou sente-o menos porque:

  • O bebé esta com fome;
  • O bebé esta a dormir;
  • A grávida não esteve atenta e acabou por não se aperceber de alguns dos movimentos do bebé;
  • O bebé apresenta o seu bem-estar comprometido (sofrimento fetal)

Eu no meu dia-a-dia, uso com frequência este ditado popular: “Mais vale pecar por excesso!”

sendo assim, se sente o seu bebé menos, ou sente que o padrão está diferente, deve recorrer ao seu médico assistente ou à Urgência da maternidade! Vá com calma, leve todos os documentos que possui relativos à gravidez (Boletim de Saúde da Grávida, ecografias, análises e/ou outros documentos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *