Blog,  Entrevistas,  Familia,  Infertilidade,  Mulher

Preservação da fertilidade Feminina

Preservar a Fertilidade através do congelamento de Óvulos, implica um acompanhamento num centro de PMA. Deixo-vos a explicação, de como tudo se processa, da Enfermeira Maria Oliveira da My Ovaplan, que já conhecem de outros artigos!

Para preservar a fertilidade através do congelamento de óvulos, os ovários devem ser estimulados
com diferentes medicamentos para aumentar o número de folículos dominantes no ciclo de
tratamento, mas também que inibam a ovulação.
A preparação começa pela administração de injeções de FSH (hormona folicular estimulante) que,
como o nome sugere, serve para estimular os ovários o máximo possível, mas ao mesmo tempo
assegurando que não estimula em demasia. As injeções são administradas pela própria, e as clinicas
têm a responsabilidade de explicar como. Dependendo do protocolo de tratamento, a administração
começa por volta do segundo dia do ciclo menstrual e deve terminar por volta do dia 12º-14º dia do
ciclo. Os medicamentos são puramente hormonais e, portanto, as mulheres podem experimentar
sintomas semelhantes aos da menstruação – cansaço, inchaço, oscilações de humor e irritabilidade.
Durante este período de injeções, as mulheres são monitorizadas com análises de sangue e
ecografias vaginais – cerca de 3 a 4 visitas à clinica. Quando os folículos atingem determinado
tamanho, a equipa aconselhará o dia da punção ovárica – recolha dos óvulos. A pequena
cirurgia é realizada com sedação, por via vaginal com orientação de ecógrafo, numa sala própria para o efeito. Este procedimento é realizado em ambulatório, demorando aproximadamente 15 a 20 minutos. Após este procedimento, a mulher fica em recobro cerca de 3 horas, até ter alta. Nesse dia é normal sentir dor semelhante à dor menstrual e pequenas perdas de sangue.

Todo o processo demora 2 a 3 semanas desde o primeiro dia da menstruação.
Algumas mulheres, devido à baixa reserva ovárica, fazem 2 a 3 ciclos de tratamento para garantir um
maior número de óvulos congelados. É importante educar as mulheres para o seguinte:

  • Um folículo contém um óvulo ou zero óvulos;
  • Estudos indicam que a congelação de 15 a 20 óvulos é o número mínimo ideal para aumentar a
    probabilidade de gravidez;
  • Muitos óvulos não sobrevivem o descongelamento;
  • Congelar óvulos não garante a 100% uma gravidez e um bebé vivo.

Preservar a fertilidade deve ser visto como um conjunto de ações possíveis e não apenas focando no
congelamento de gametas. Pode primeiramente passar por alterar o estilo de vida, adicionar
exercício físico, técnicas de relaxamento, acupuntura, dieta, entre outros. O importante é tomar
conhecimento e partilhar com as amigas de que a fertilidade tem prazo e que, a geração millenials
necessita de um backup-plan se pretende adiar a maternidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *