Adolescentes,  Blog,  Crianças,  Desporto,  Familia

O Futebol melhora a capacidade de aprendizagem! Será?

Li recentemente algo sobre um estudo que diz que existe uma ligação comprovada entre o desporto e a capacidade de aprendizagem, e fui pesquisar!
De acordo com um estudo publicado no Jornal Escocês The Press and Journal , as crianças que jogam futebol, em particular, são melhores a Matemática!

O estudo, co-escrito pelo Dr. Justin Williams, da Universidade de Aberdeen, revela que a coordenação dos membros, desenvolvida especialmente em campo num jogo de Futebol, teria um papel benéfico no desempenho escolar das crianças.

Comentei o estudo com o meu filho que joga futebol e até, não é mau a matemática, e ele de imediato respondeu, que tem muitos colegas no futebol, em que o estudo não se aplica! Acabámos os dois à gargalhada! Ele tem razão, e basta olhar a nossa volta! É do conhecimento comum que a maioria dos nossos futebolistas não são grandes matemáticos e vice-versa!

Voltando ao estudo, e conforme é relatado no Jornal Escocês, o desporto não está necessariamente ligado ao sucesso , mas sim à capacidade de aprendizagem. David Jenkins, fundador da academia desportiva Sports Therapy Scotland, diz que:

“O Desporto e aprendizagem estão interligados! Não se trata apenas de jogar futebol, mas praticar este desporto, pode ajudar os jovens a adquirir o hábito de resolver problemas e tomar boas decisões”

Para mim, faz todo o sentido! A constante necessidade de tomar decisões certas em campo, desenvolve o raciocínio. Eu diria que o jogador que é inteligente em campo, tem uma maior capacidade de resolução de problemas e nesse caso uma melhor performance na Matemática!

Os desportos de equipa, como o futebol, geram autoconfiança, capacidade de aprendizagem, e também espírito de equipe. Permitem que os jovens se desenvolvam melhor socialmente e, posteriormente, profissionalmente. O desporto para além de ser benéfico para alunos com dificuldades de aprendizagem, é também importante para os alunos com baixa auto-estima! De facto, as crianças que falham na escola podem desenvolver outras habilidades, ganhar autonomia e, como dito anteriormente, fortalecer sua autoconfiança.

O estudo não faz qualquer referencia ao género e sendo assim acredito que se aplica a todas as crianças que praticam quer o futebol feminino, quer o masculino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *