Blog

O Documentário da Netflix sobre a Madeleine Mccann

Estava muito curiosa com o documentário sobre a Maddie na Netflix, já vi os 8 episódios!  Na altura em que a Maddie desapareceu, acompanhei de perto todas as reportagens, até o livro do Gonçalo Amaral, li. Pensei que o documentário iria finalmente esclarecer-me algumas das minhas dúvidas, mas na verdade, não! O objectivo do documentário, é mudar a opinião pública sobre o casal McCann. Mas o que pode ser mudado?

A Maddie tem a idade do meu filho André. E talvez por isso tenha ficado tão “agarrada” ao caso! Coloquei-me várias vezes na pele daquela mãe, jamais quero sentir em toda a minha vida, o que ela passou!!!

Como mãe de uma criança da mesma idade uma das questões que fiz vezes sem conta, é como se deixam 3 crianças sozinhas em casa, num país que não se conhece? Claro que cada um, é livre de fazer o que quiser com os seus filhos, desde que os não coloque em perigo! Não foi uma vez, sem exemplo, foram vários dias a fazer a mesma coisa, naquelas férias!

Como seria se fosse um casal Português a passar pela mesma situação em Inglaterra? Não teriam problemas com a protecção de menores? Teriam o mesmo apoio?

No documentário é referido várias vezes que os gémeos que dormiam no mesmo quarto onde a menina desapareceu, nunca acordaram. Foram cerca de 2h, de pessoas a entrar e a sair do quarto, a falarem alto, a abrirem e fecharem portas, sem os gémeos terem acordado! Foram tirados do quarto ao colo ainda a dormir. Ninguém acha isto estranho? Enfim, eu acho!

Todos nós reagimos de forma diferente a situações traumáticas, eu também virava o mundo, para encontrar os meus filhos, mas teria tantos apoios? Um director de campanha? Investidores? Desculpem, eu sei que se trata de encontrar uma criança, mas quantas outras crianças que desapareceram, tiveram direito a isto tudo, até a um documentário? Como é que o desaparecimento de uma criança gera milhões e milhões de euros?

Quando vi o documentário, veio ao de cima, mais uma questão, que na altura coloquei tantas vezes e que me fez muita confusão! Se um dos meus filhos tivesse desaparecido, eu teria lá cabeça para  usar pulseiras verdes e amarelas. Eu sei que haviam pessoas próprias para cuidar desses pormenores, e da imagem do casal. Eu sei que todos somos diferentes, e não é uma critica, ou talvez seja…

Acredito que este casal nunca mais foi o mesmo, chegaram mesmo a ser acusados de matarem a própria filha. Ultrapassaram essas acusações, e continuam a lutar para encontrar a Maddie. Agora o que eu acredito e arrisco a dizer que tenho a certeza, é que a culpa de terem deixado a filha sozinha, os vais acompanhar para sempre!

Desejo que esta luta se torne possível para todos! E que todos os pais possam voltar a abraçar os filhos que desapareceram!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *