Blog,  Desporto,  Familia

Dia Mundial da Hemofilia

A Hemofilia é uma doença hereditária que se carateriza pela deficiência, ou ausência de produção de um factor de coagulação. É uma doença genética rara, ligada ao Cromossoma X.

Existem dois tipos de Hemofilia: A A e a B.
Os factores da coagulação, que estão presentes no sangue, são representados em numeração Romana de I a XII.

  • Uma pessoa com hemofilia A tem uma deficiência de factor VIII.
  • Uma pessoa com hemofilia B tem uma deficiência de factor IX.

A hemofilia pode ser classificada em 3 graus de gravidade, dependendo da actividade normal dos factores de coagulação, por:

  • Grave – inferior a 1%.
  • Moderada – entre 1 e 5%.
  • Leve ou ligeira – entre 5-50%.

As nódoas negras (hematomas) em grande quantidade, na altura em que o bebé começa a gatinhar ou andar podem ser um dos sintomas que deve ser investigado e descartado como um distúrbio hemorrágico da criança. O romper dos dentes é outra fase na qual o distúrbio se pode tornar evidente. Em caso de dúvida deverá consultar o pediatra, o diagnóstico é sempre feito por colheita de sangue para análises.

Sabiam  que a natação é o desporto de eleição para os Hemofílicos? A prática sistemática desta modalidade, diminui efectivamente o aparecimento de crises hemorrágicas, contribuindo assim para uma melhoria da qualidade de vida.

A Associação Portuguesa de Hemofilia (APH), anualmente no mês de Setembro lança o Programa de divulgação e dinamização da natação (PDN). Saiba tudo sobre este programa AQUI 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *