Adolescentes,  Blog,  Familia

A minha filha foi operada ao Menisco

Na verdade esta é a 3ª Vez que é operada! Desta vez foi apenas ao Menisco! Anteriormente, foi a tudo a que teve direito – ligamentoplastia do ligamento Cruzado, um tema que irei abordar noutro artigo.

Os meniscos (sim, existem dois – um interno e outro externo) estão localizados no Joelho.

Os Meniscos são das estruturas mais importantes da articulação do Joelho. Tem uma forma em “C” e tem o papel de amortecedor entre o osso da coxa e da perna (Fémur e Tíbia). Contribuem para a estabilidade da articulação pela sua resistência, mas também pela flexibilidade.

As lesões podem ser traumáticas, frequentes em quem pratica desporto. Ou degenerativas surgindo com o avançar da idade e repetição de movimentos do joelho.

Como os meniscos são protetores da articulação e da cartilagem do Joelho, uma rotura aguda – traumática, num jovem vai por em risco o futuro do joelho. Por isso, ser muito importante um bom acompanhamento, no caso da Joana não podia ter sido melhor. A Joana foi operada pela Dra. Mónika Thusing uma ortopedista da CUF Descobertas, que tem feito de tudo para preservar os meniscos. Que é, o que é recomendado nestes casos traumáticos.

As roturas degenerativas são lesões diferentes, que se vão desenvolvendo ao longo do tempo. Normalmente não há história de um traumatismo e o início da dor e desconforto vai surgindo gradualmente! Neste casos o tratamento é mais conservador, numa primeira abordagem, fisioterapia para reforço muscular, e anti-inflamatórios podem melhorar as queixas! Quando as queixas persistem, ou quando surgem sintomas de bloqueio ou instabilidade, poderá ser necessário avançar para a cirurgia.

A cirurgia mais utilizado é a Artroscopia. É uma abordagem “mini-invasiva” com uns “furinhos” no joelho em que se usa uma câmara e vários instrumentos cirúrgicos para abordar a lesão meniscal. O Objectivo é reparar a lesão, de modo a deixar de causar conflito dentro da articulação. Mais uma vez, sendo os meniscos estruturas protetoras, o cirurgião irá suturar se possível, ou remover apenas as partes danificadas e incompetentes, preservando a maior quantidade de menisco são possível.

O Internamento poderá ser de cerca de 24h. A recuperação varia de caso para caso!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *